14
Set 11
Viver e Saber

Os idosos, muitas vezes esquecidos e desconsiderados pelos mais jovens e também pelas famílias, são pessoas que tem muita contribuição para dar, uma vez que já viveram e acumularam experiências que são importantes para a vida.

As pessoas idosas são como uma biblioteca. Guardam tesouros que precisam ser explorados. Todos reconhecem a sua importância, mas todos esquecem o quanto as pessoas de mais idade poderiam contribuir, para o conhecimento dos mais jovens se parassem para ouvir o que eles já viram e vivenciaram.

Algumas culturas fazem isso e o aprendizado passa de pai para filho, fazendo com que os mais velhos se sintam valorizados.

Por alguma razão que não está identificada, famílias e jovens, renegam os seus idosos e os deixam de lado, esquecendo que ali está uma vida repleta de conhecimentos que são importantes, até mesmo para comparar com o que ocorre nos dias de hoje.

Todos sabem que a evolução do mundo faz com que as coisas do passado fiquem para trás. As novas pesquisas e a tecnologia derrubam as teses do passado e garantem aos mais jovens uma informação atualizada, através dos modernos meios de comunicação. Isto é importante e precisa ser seguido.

Entretanto, não é porque os idosos, não entendem disso, que não devem ser ouvidos e considerados. Eles tem o conhecimento de uma vida já vivida. Não tem mais a pressa da juventude, porque já adquiriram a tranqüilidade, daqueles que já cumpriram suas missões.

Em recente pesquisa realizada na universidade de Standford na Alemanha, a pesquisadora Laura Carstensen, através do estudo de neuroimagem mostrou que a amígdala, área do cérebro ligada as emoções, funciona diferente para quem tem mais de sessenta e cinco anos de vida. Enquanto nos jovens ela é ativada, tanto por estímulos positivos quanto negativos, nos idosos ela só é estimulada por estímulos positivos. Como está ligada as emoções, os mais velhos só retém o que é positivo.

Por isso se encontra tanta serenidade, compreensão e doçura nas pessoas de mais idade. Elas não tem mais pressa e podem curtir muito mais e melhor a vida. Sua tranqüilidade e experiência de vida, pode contribuir muito na educação dos mais jovens.

Muitos idosos só querem saber de viver com alegria e entusiasmo o seu dia a dia a dia. Pessoas agitadas, barulhentas e arrogantes não são bem vindas, pois perturba a paz que já adquiriram.

Eles preferem usufruir de cada momento, seja conversando com familiares ou amigos, ou ouvindo uma boa música, ou vibrando com seu time de futebol. Um sorriso ou um carinho de um neto é tudo o que desejam, pois sabem que isto é ter felicidade.

Viver tendo o privilégio de compartilhar com os idosos, além de demonstrar carinho é ter visão de que o saber que eles possuem, pode ser o caminho para o sucesso de qualquer um.

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.