14
Ago 11
Viver e Saber

A Formação profissional começa nos primeiros anos da vida escolar. Nos dias de hoje os bebês estão indo para as creches desde os primeiros meses de vida. Desde cedo aprendem a conviver com outras crianças iniciando assim o seu aprendizado sobre relacionamentos.

 

Parece prematuro, mas a convivência com pessoas que não sejam da família desperta a curiosidade e promove a interação, características que serão fundamentais na idade adulta.

Logo vem o ensino fundamental e com ele as dificuldades que precisam ser vencidas, com muito esforço e dedicação. É evidente que encontram dificuldades não só ligadas aos diversos conteúdos, mas principalmente a habilidade que precisam desenvolver para lidar com professores, nem sempre preparados para ministrar os conteúdos, e principalmente sem a devida capacidade para lidar com os jovens.

Tanto escolas quanto professores ainda não se deram conta de que o mundo mudou, que a tecnologia está aí para ser consumida e principalmente que a internet faz parte da vida de todos os jovens.  Com isso eles encontram nela todas as informações que precisam, de forma muito mais simples do que é apresentada nas salas de aula.

Os conteúdos continuam sendo apresentados da mesma maneira que eram no tempo de nossos avós e dos pais. É impossível para um jovem gostar de uma aula expositiva, sem nenhum atrativo, ainda com uma professora escrevendo com giz. Parece que ninguém se deu conta de que o mundo mudou.

Por outro lado as escolas fazem de conta que avaliam seus professores. Existem alguns, que são conhecidos nas escolas como maus professores, que gritam com os alunos, que não explicam direito, que colocam nas provas questões que foram dadas em aula de forma completamente diferente e ainda querem que os alunos tirem as melhores notas, outro modelo antigo que precisa ser reformulado.

É preciso introduzir a avaliação feita pelos alunos, como é feito nas grandes escolas do mundo desenvolvido. O professor que receber notas baixas não fica na escola. Isto faz com que todos façam o melhor que puderem não só com relação ao ensino, mas também no trato com os alunos. Outro exemplo é o ensino da matemática que deveria ser a prioridade das escolas e continua sendo ensinado de forma apressada e sem considerar as dificuldades dos alunos.  Esta matéria precisa passar por transformações significativas, pois ela é vital para qualquer atividade profissional.

Por isso constatamos que é muito difícil a formação profissional. São grandes as dificuldades se considerarmos o atraso de nossas escolas. É URGENTE a necessidade de modernização, da introdução de um ensino que utilize os instrumentos modernos que a nova tecnologia nos proporciona. Só assim formaremos jovens preparados para disputar as melhores posições do mercado.

Só assim os jovens chegarão às Universidades preparadas para fazer pesquisas e com elas melhorar o padrão de qualidade de vida das pessoas e acelerar, ainda mais, o desenvolvimento do País.

Através do site VIVER E SABER queremos dar nossa contribuição ao Pais, por isso colocamos a disposição das escolas brasileiras o Projeto LIFEE que propõe a modernização das escolas e dos métodos de ensino.

Temos certeza de que as crianças e os jovens terão prazer em ir para a escola, pois as aulas serão agradáveis e os professores serão treinados para aprender a se comunicar efetivamente com os alunos. Este é um desafio que é de todos, pais, professores, alunos e principalmente com os donos e diretores de escolas.

Educação e saúde devem ser prioridade absoluta para um Pais.

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.