14
Ago 11
Viver e Saber

Uma pesquisa realizada com mais de quarenta mil executivos mostrou o que realmente motiva  os profissionais para o trabalho.

 

Diferentemente do que pensam muitas pessoas, não é o dinheiro, nem o status o fator mais importante. É claro que ele precisa atender as necessidades de cada um, mas não foi o fator decisivo para mostrar o que os motiva.

A maioria absoluta declarou que a motivação vem de um ambiente saudável e do reconhecimento pelas tarefas cumpridas. O que realmente importa é ter um bom relacionamento com os colegas, porque todo mundo quer ser feliz.

Na minha experiência profissional, há muitos anos defendo esta tese, de que o ambiente profissional precisa ser o mais agradável possível, pois é ali que se passa a maior parte do tempo.

Completo dizendo sempre que o ser humano busca as mesmas coisas na vida. Todos querem ser felizes, terem reconhecimento, serem participantes da empresa e dos processos em que atuam, serem aceitos e fundamentalmente estarem a vontade para poderem ser criativos e produtivos.

É preciso que os níveis gerencias das empresas sejam melhor preparados para a função que exercem. Não basta terem conhecimento das funções que devem exercer. É necessário gostar de gente, saber trabalhar com pessoas e principalmente saber e poder elogiar.

Criticar e julgar todos sabem. É incrível como os gerentes desenvolvem esta habilidade pelo lado negativo.

Como consultor empresarial tenho trabalhado muito o conceito do elogio. Ele é poderoso. Ele motiva, melhora a autoestima e fortalece o indivíduo para vencer suas dificuldades.

Há um engano generalizado no Mercado de que aquele que não produz deve ser despedido. Também defendo a idéia de que não há nenhuma garantia de que o novo escolhido resolva todos os problemas. Por isso recomendo sempre trabalhar o profissional, pelo lado do comportamento e da valorização pessoal. Em geral os resultados são surpreendentes.

É preciso saber que o ser humano tem virtudes e defeitos. Enaltecer os defeitos é condenar a mediocridade. Elevar os valores positivos e estimular as virtudes é ganhar um profissional que fará o mesmo para seus futuros subordinados.

Todos ganham com este tipo de atitude.

Existem muitos profissionais com alto potencial que não conseguem se fazer notar, pois não encontram uma brecha para poder mostrar o seu valor.

A insensibilidade gerencial não permite que o colaborador apareça, pois sua insegurança é tão grande que sente verdadeiro pavor de ver alguém crescer. Esquece que todo aquele que ensina e ajuda o seu semelhante, aprende muito mais e cresce cada vez mais.

Que cada um que ler este artigo colabore e imprima em seu ambiente de trabalho, o saber, o companheirismo, a colaboração e a alegria de viver. Isto gera resultados.

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.