14
Ago 11
Viver e Saber

O Sonho de muitas pessoas é conseguir um bom emprego. Para que isso aconteça são necessários alguns requisitos ou cuidados pessoais, que muito poucos se apercebem.

 

Entendem que fizeram um segundo grau ou mesmo uma faculdade e que estão aptos a executar qualquer trabalho. A prática mostra que não é assim. Qualquer profissional que atue nas empresas se depara com o despreparo, principalmente dos jovens que procuram uma colocação.

Mesmo aqueles que já são maduros pecam pela falta de atualização. É comum receber pessoas na faixa dos quarenta anos que não conhecem, como deveria os modernos meios tecnológicos utilizados nas empresas.

Outro problema que logo é detectado é o desconhecimento dos assuntos que são notícia do dia, da semana e do mês. Demonstram desinteresse em saber ou conhecer assuntos gerais que servem para manter informado qualquer profissional.

Esquecem que conhecer é vital para ter boa argumentação e estabelecer bons relacionamentos. Costuma-se dizer que principalmente os mais jovens não conseguem manter uma conversa por mais de cinco minutos, revelando o despreparo para ser reconhecido como um profissional atualizado.

É preciso saber que não basta a formação adquirida nas escolas. Ela é extremamente importante, mas precisa vir acompanhada de outros atributos que garantam a inclusão dos jovens nas empresas.

Os jovens modernos foram, em geral, bem criados. Tiveram todos os seus desejos realizados, principalmente aqueles que pertencem as classes mais favorecidas. Entendem eles que a vida lhes dará tudo aquilo que se acostumaram a receber sem fazer esforço.

Porém, quando chegam nas empresas levam o primeiro choque, pois lá não está nem o pai nem a mãe para satisfazer seus desejos e facilitar sua vida. Lá encontrarão um gerente que deseja colaboradores competentes e que possam contribuir decisivamente para que a empresa obtenha seus resultados.

Nas empresas é preciso dar primeiro para depois receber. Ninguém consegue galgar postos se não demonstrar talento e competência, que não vem só da escola, mas também da boa educação que devem receber dos pais e principalmente demonstrar que sabem buscar o que precisam para serem os melhores. A pró atividade é uma característica que chama muito a atenção de quem comanda. Ser pró ativo é se antecipar as ações, aos fatos e demonstrar que tem uma mente ativa e disposto a ser o melhor.

Por isso é importante que os pais se dêem conta de que criar bem não é só dar carinho e tudo o que o filho precisa em termos de bens materiais. É preciso formá-lo e prepará-lo para o mundo que é muito competitivo e não tem tempo a perder com jovens mimados e cheios de rebeldia.

Formar bem significa, alem da formação escolar, incentivá-lo a ler e conhecer assuntos que não são ministrados em aula, mas que formam uma base cultural importante para abrir relacionamentos no mercado.

A tarefa de despertar o interesse dos jovens deve ser da família e da escola. Tendo sido despertado cabe a ele ir em frente. Para isso deve criar o hábito de ler no mínimo um artigo por dia. No fim de um mês serão trinta novos conhecimentos adquiridos. É impossível não ser diferente.

O jovem que agir assim poderá receber a recompensa, logo na primeira entrevista para emprego. Seu saber será logo reconhecido pelo entrevistador.

Por isso não perca tempo, pois ele corre rápido. Os problemas e soluções estão dentro de cada um. O futuro depende do esforço e da preparação que for despendido para conseguir o que deseja.

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.