12
Mai 20
Viver e Saber

 

Este é um pensamento que deve estar na mente de milhões e milhões de pessoas. O mundo todo assiste preocupado, a expansão de um vírus, que atinge e mata vidas de uma forma agressiva, difícil de aceitar, infelicitando familiares, que são impedidos, inclusive de acompanhar seus doentes visando evitar o contágio . O profissionalismo dos médicos, enfermeiros, e das equipes que atuam em hospitais, consultórios, clínicas, postos de saúde espalhados, por todos os cantos do País e do mundo, encantam a todos, pois com o próprio sacrifício, tentam evitar mortes, que acabam acontecendo diariamente. Cabe registrar os profissionais que tem a difícil tarefa de enterrar pessoas sem poder parar para descansar , em função da quantidade de funerais que ocorrem, sem cessar. O isolamento, mesmo sendo necessário, causa diferentes sentimentos, gerando ansiedade, angústias e até depressões, outro motivo para preocupar, ainda mais, famílias atingidas. As marcas desta tragédia ficarão registradas, para sempre, na mente de todos. Mudanças significativas acontecerão, no mundo todo. Repensar atitudes, comportamentos e maneiras de viver, pensando no coletivo e não mais no egoísmo da individualidade, será o objetivo a ser alcançado. Penso e acredito que passará a ser um objetivo das diversas sociedades. O susto, a surpresa, e o número de mortes mostrou a fragilidade dos seres humanos. O poder de destruição de um vírus teve a importância de uma guerra. Sem armamentos, sem avisos avançou por diferentes países, levando desespero, preocupações e mortes. A competição que toma conta do mundo, e a arrogância de milhões de pessoas, que se acham superiores aos demais, além  da falta de sensibilidade para entender e respeitar o pensamento do outro, gerando tantos desentendimentos, mostra de forma clara e precisa que precisamos ser mais humanos, solidários e acima de tudo dar as mãos e buscar o entendimento, o amor, e a compaixão.  Precisamos uns dos outros para suportar o isolamento, o medo e o desespero que leva a pensar: SEREI O PRÓXIMO? Todos subjugados ao poder de um vírus. Milhões se deram conta de que como seres humanos somos todos iguais e como tal devemos ser solidários com os que tem menos, pois o aviso foi dado. A humanidade precisa reavaliar seus valores. Como conviver passivamente com tanta miséria que arrasta milhões de  infelizes, desafortunados pela sorte, quando uma minoria dominante usufrui de tantas benesses, porque só pensam em ganhar e guardar para seu conforto próprio, esquecendo que milhões de pessoas que trabalham e ajudam a conquistar suas riquezas, passam por grandes dificuldades, muitos não tendo o mínimo para viver e muitos nem o que comer. Vamos ser solidários, deixando os egoísmos de lado. A humanidade, como um todo precisa repensar seus valores, caso contrário, outros avisos mais fortes poderão atingir o planeta, como já ouve em outras épocas. É isso que queremos?

 

 

 

 

 

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.