26
Out 13
Viver e Saber

 

Os sons, os ruídos, os barulhos, o trânsito, as aglomerações, as músicas em tons elevados, as discussões inúteis, por qualquer motivo, as multidões, os supermercados, os aeroportos, as rodoviárias, o shopping Center, a vida agitada, enfim tudo o que existe provoca barulho, eliminando o silêncio tão indispensável para que cada indivíduo possa refletir sobre quem é e como viver melhor.

Sem tempo para relaxar, permitindo que a agitação tome conta, logo aparece a ansiedade, pois viver num mundo tumultuado e no meio do barulho, faz a mente se agitar, abrindo a porta para problemas que causam sofrimento.

Será que as pessoas querem viver assim?

 

 

Possivelmente não. O ser humano tem necessidade de viver em paz, em harmonia com o meio em que vive.

Na agitação do dia a dia, a tecnologia tão indispensável para a vida e para os negócios, também trouxe problemas para inúmeros jovens, que dedicam horas intermináveis jogando, com os olhos fixos na tela e ouvindo os ruídos, afastados de um convívio que, também é indispensável para o equilíbrio entre familiares e amigos.

Os problemas aparecem nas escolas, nas famílias, no convívio social,onde muitos falam sem parar, aturdindo quem está por perto e outros já nem falam mais. Outros invocam seus problemas de saúde, já alertando que são emocionais, porque não dormem como deveriam, porque não conseguem se concentrar, porque lêem e não entendem o que leram, enfim uma gama de problemas que revelam o quanto estão vivendo estressados, permitindo que a ansiedade domine suas vidas.

Para eliminar estas tensões é preciso buscar o silêncio, mesmo que seja difícil encontrá-lo. O ser humano precisa buscar o seu eu interior, a sua verdadeira natureza, para poder pensar, refletir e acalmar a sua mente.

Verdadeiros milagres acontecem quando a mente se tranqüiliza, recolhida ao silêncio. As preocupações se dissipam fazendo com que o indivíduo possa ver melhor o que acontece ao seu redor. Passa a pensar e viver do seu jeito sem dar tanta atenção ao que os outros pensam. Isto traz benefícios significativos para a saúde, pois a tranqüilidade traz bem estar e harmonia.

Administrar a própria vida já é uma tarefa difícil, imaginem querer controlar a vida dos outros, mesmo que sejam filhos ou familiares ou mesmo achar que tem poder para solucionar o problema dos outros. Quando o ser humano vive desta maneira, querendo controlar tudo, não dando descanso a sua mente, aturdido pelo excesso de compromissos, da vida agitada com fantasias de que tudo pode, revela sua insegurança e seus medos, disfarçados pela aparência de força que demonstra perante os outros.

Quando os indivíduos assumem o comando de suas vidas, dando tempo para a mente relaxar, vivendo em contato com a natureza, ouvindo a boa música, dialogando com amigos verdadeiros, se permitindo tirar meia hora do dia para conviver com o silêncio, tudo começa a mudar. A conexão com as forças da natureza equilibra o Ser, fazendo com que benesses aconteçam, dando prazer com coisas simples e verdadeiras, que são as que realmente trazem felicidade.

Deixe de lado os julgamentos sobre tudo e todos, deixe de querer mostrar que você é o melhor, afaste os preconceitos, porque tudo isso tumultua a mente e gera ansiedade e desgastes.

De lugar a criatividade, a liberdade, a felicidade a alegria e a caridade se conectando com as forças da natureza e a fé. Se doe mais, ajude quem precisa, estenda a mão a quem está com dificuldade. Mas não precisa ser em dinheiro. Faça o bem com palavras, com gestos, com alegria, com amor. Tudo aquilo que fizer aos outros retornará para você.

Somente o silêncio tranquilizará sua mente, permitindo que você perceba melhor o mundo em que vive, a sua realidade e a importância de viver a sua vida e não a dos outros. Reserve uma hora do dia para meditar, para se conectar com a essência da vida, que está dentro de cada um, esperando ter espaço e permissão para agir.

 

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.