28
Jun 13
Viver e Saber

 

As manifestações que vem ocorrendo no Brasil mostram a insatisfação da população em várias áreas, dando destaque a saúde e a educação, os transportes e a corrupção.

Para efeito deste artigo a saúde merece ser analisada separadamente, porque a vida depende de uma boa saúde, o que é difícil para uma parcela do povo brasileiro que vive na miséria, sem alimentação de qualidade e muito menos atendimento médico e hospitalar que garantam a qualidade dos serviços.

Não é só importar médicos como o governo insiste. Médicos sem as condições essenciais, para poderem diagnosticar e tratar corretamente os pacientes, não conseguirão fazer milagres. Precisam de laboratórios, equipes de apoio especializadas, um plano de carreira que estimule os jovens médicos a se interiorizarem e principalmente respeito aos longos anos de formação com salários compatíveis

 

É preciso ter hospitais modernos e bem equipados, evitando o estrangulamento que existe, onde as pessoas doentes precisam implorar por uma vaga, no momento em que estão sofrendo.

São reivindicações importantes, que para serem atendidas, basta uma vontade política em resolver o problema de uma vez por todas. O povo está exigindo nas ruas, agora é preciso fazer acontecer. É preciso garantir que o clamor popular será atendido.

Hospitais modernos e bem equipados precisam se tornar prioridade para o governo, evitando o estrangulamento que existe, onde as pessoas doentes precisam implorar por uma vaga, no momento em que estão sofrendo.

Outra atitude que precisa ser tomada com urgência é a modernização, dos hospitais, já existentes, que garantam atendimento a toda a população, para evitar doentes nos corredores, em macas ou mesmo no chão, no momento que mais precisam.

É preciso priorizar e garantir atendimento e hospitalização imediata para os idosos, que na sua fragilidade pela idade e com dores pelas doenças, não podem ficar esperando uma vaga para fazer uma cirurgia ou um tratamento.

Também os recém nascidos, que precisam de locais especiais, caso contrário perdem a vida, sem tê-la vivido. As gestantes que precisam se deslocar de uma cidade para outra, num momento delicado, usando transportes coletivos, muitas vezes por estradas, ainda de chão batido. Para tudo isso é preciso decisão de fazer, pois se tem recursos para obras faraônicas, deve ter também para coisas essenciais a vida.

Mas para que isto aconteça a primeira coisa que precisa ser feita é fazer cumprir a Lei para punir a corrupção, para intimidar bandidos que cometem crimes que aterrorizam a população. É preciso acabar com os privilegiados, para alguns e beneficiar a todos com ações justas, que mostrem o poder da Lei.

Saúde junto com a educação, transporte e segurança devem ter os melhores orçamentos anuais, para que o povo tenha o que é essencial para garantir o futuro profissional, dos jovens que são o futuro do Pais.

Os governos devem pensar no essencial para depois partir para investimentos em outras áreas, priorizando sempre o que é necessário para o povo. É preciso ter critérios para gastos supérfluos em viagens, onde as mordomias correm soltas, com o dinheiro do povo que paga altos impostos.

Ouvindo o povo, nenhum governo erra, pois só ele sabe o que precisa ser feito.

 

 

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.