16
Mai 13
Viver e Saber

Qual o valor que você dá a sua vida?

Refletir sobre isso deveria fazer parte da rotina da população de qualquer Pais, principalmente daqueles que esquecem os valores fundamentais da vida e se lançam na aventura enlouquecida das drogas, incluindo o álcool, socialmente aceito mas que causa graves transtornos.

A vida é o maior bem que um indivíduo possui, devendo tomar todos os cuidados para mantê-la sem problemas de saúde, que acabam afetando o lado pessoal e profissional.

Infelizmente, para muitos que consomem drogas, este valor foi esquecido. Os resultados dessa decisão aniquilam a vida de milhões de pessoas, incluindo jovens, no auge da vida, que se tornam dependentes, infelicitando famílias e destruindo muitas carreiras profissionais.

 

Este flagelo desmonta uma família, causando sofrimentos, gastos excessivos para recuperar os dependentes e principalmente destruindo a possibilidade de construir algo positivo, para formar uma nova família e viver com qualidade de vida.

Dados indicam que cresce assustadoramente o número de mulheres que ingerem bebidas alcoólicas, que já alcançam os homens ou ultrapassam o limite deles, no consumo de álcool. Conforme foi apresentado no programa mais você, as entrevistas realizadas, mostraram que mulheres chegam a beber mais de dez cervejas num bar ou em casa, ou mesmo bebidas mais pesadas, achando que é normal e que não perdem o controle.

Estes depoimentos chocantes, até mesmo porque querem se comparar aos homens, na liberdade de beber, esquecendo que eles também estão errados, mostra o quanto isto tudo fortalece os desequilíbrios dos dias atuais, seja com relação ao comportamento dos filhos ou a grande quantidade de acidentes no trânsito ou mesmo no aumento da criminalidade.

Todos tentam entender o que está acontecendo no momento de grandes tensões que a sociedade vem enfrentando. Uma das causas está no consumo exagerado de drogas e de bebidas alcoólicas, que comprometem a saúde das pessoas e destroem outras vidas.

Como reclamar ou exigir dos jovens, quando o exemplo que eles tem pode vir de mães, que sob o pretexto de ter liberdade, preferem estar nos bares bebendo, ou mesmo em casa ou na casa de amigas, a estar cuidando de seus filhos?

Como cobrar de um filho, que volta de uma festa bêbado, mesmo sendo menor de idade, quando a lição foi aprendida dentro da própria casa? Será que os pais que optam por beber na frente dos filhos ou junto com eles, se dão conta do que pode acontecer com eles, quando voltam ou não para casa na madrugada?

Será que estas pessoas que se entregam a bebida, não conseguem ser alegres e felizes ao natural, sem usar de meios artificiais, que comprometem a saúde? As conseqüências da bebida são terríveis em muitos casos. Pessoas embriagadas agridem os filhos pequenos causando traumas que os acompanharão por toda a vida.

Também o consumo de álcool pode mascarar problemas emocionais incluindo a depressão, que precisa ser tratada por psiquiatras ou psicólogos, antes que fatalidades possam ocorrer.

A sociedade, como um todo, se choca com tanta violência incluindo acidentes que tiram a vida de milhares de jovens a cada ano, mas esquece que o estímulo a beber começou dentro da própria casa ou com os melhores amigos.

É preciso rever estes conceitos e refletir sobre o que é realmente importante na vida. Priorizar a educação e os valores fundamentais para uma vida digna é essencial para garantir filhos saudáveis e vencedores.

Para aqueles que lerem este artigo fica o convite para que respondam esta simples pergunta, de preferência junto com os familiares e mudem comportamentos, pensando em preservar a vida e a integridade de todos.

QUAL O VALOR QUE DAMOS A NOSSA VIDA?

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.