22
Abr 13
Viver e Saber

 

Um dos problemas enfrentados pelas indústrias, pelas fábricas brasileiras e também por empresas em geral, é a qualificação da mão de obra disponível. Sobram vagas para algumas profissões, principalmente técnicas, que não encontram profissionais habilitados para exercerem as atividades.

As empresas, de uma maneira geral, possuem programas de treinamento, visando capacitar os profissionais e habilitá-los ao trabalho, que não pode ser exercido por pessoas desqualificadas. As maiores dificuldades de contratação estão na indústria e nas fábricas.

 

Pesquisa da Manpower group divulgada no jornal hoje, revela dados de 41 países que enfrentam o mesmo problema e aponta as dez profissões que mais necessitam de pessoas para trabalhar. São elas:

 

1 – técnicos

2 – trabalhadores de ofício manual

3 – engenheiros

4 – motoristas

5 – operadores de produção

6 – contadores

7 – profissionais de finanças

8 – representantes de vendas

9 – profissionais de TI

10- operários e mecânicos.

Dados do SENAI revelam que o Brasil precisará de 520 mil técnicos industriais até o ano de 2015, para atender a necessidade das indústrias. O número de técnicos que saem dos cursos não é suficiente para atender o mercado.

A falta de candidatos, bem como a qualificação necessária é o principal motivo para o não preenchimento das vagas existentes. Este dado é importante para os jovens, procurarem os cursos especializados, como os do SENAI, SENAC e tantos outros, visando obter uma boa oportunidade de emprego.

Estes dados mostram que a juventude brasileira precisa despertar para a busca de conhecimento, desde muito cedo, buscando especialização em profissões técnicas, que garantem colocação imediata.

É lamentável ver que tantos jovens se perdem, com drogas, bebidas e criminalidade, quando poderiam estar aprendendo uma profissão que lhes garantisse bem estar e qualidade de vida. Oportunidades existem.

Seria importante que as escolas públicas assumissem o compromisso de despertar nas crianças, desde muito cedo, o interesse por uma profissão técnica. O crescimento da economia depende da capacidade de produção das indústrias e das fábricas, que não podem prescindir de mão de obra qualificada.

O Pais precisa muito de técnicos especializados. Os jovens precisam de emprego. Pensem nesta alternativa, que pode colocá-los no mercado de trabalho rapidamente.

 

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.