15
Abr 13
Viver e Saber

 

As vendas eletrônicas surgiram no Brasil em 1995, logo após a implantação da Internet comercial. De Lá para cá o crescimento tem sido constante, com o ingresso, tanto da Indústria quanto do comércio, nesta modalidade de negócios.

As empresas pioneiras no Brasil foram: Livraria Cultura, Grupo Pão de Açúcar, lojas Americanas, Magazine Luiza e Submarino, resultado da compra da Booknet, por um grupo de investidores locais.

O crescimento da vendas eletrônicas é proporcional ao aumento do número de computadores, que cresce a cada ano no Brasil e principalmente ao aumento da velocidade de conexão.

 

O interesse das pessoas em adquirir produtos e serviços cresce, também, em função da rapidez proporcionada pela banda larga em expansão, uma vez que a navegação fica mais agradável.

As lojas virtuais se tornam cada vez mais atrativas, mantendo os compradores interessados em conhecer e adquirir os produtos ou serviços, ficando conectados por mais tempo, explorando funcionalidades, como provadores virtuais, vídeos e fotos em alta definição, visando vender mais.

Quais as vantagens das empresas para vender eletronicamente?

1 – Redução de custos.

2 – Facilidade de acesso a clientes, fornecedores e novos mercados.

3 – Atendimento em tempo integral.

4 – Elimina compra ou aluguel de lojas, com todos os custos adicionais.

5 – Ligações gravadas eliminam problemas com clientes.

6 – Vantagens competitivas entre grandes e pequenos é menor.

7 – Honestidade e bom atendimento e serviços garantem confiança dos clientes.

8 – Facilidade de processamento de dados via CRM.

9 – Rapidez na divulgação de novos produtos e promoções.

10 – Controles rápidos, conhecimento do perfil dos clientes, tendências de mercado e diminuição do tempo de atendimento.

Números que mostram o crescimento das vendas eletrônicas no Brasil.

O crescimento de vendas no primeiro semestre de 2012 comparado ao ano anterior foi de 21%, totalizando 10,2 bilhões de reais, devendo atingir 22 bilhões no ano, segundo a consultoria e-bit. As perspectivas de crescimento, nos anos seguintes , são amplamente favoráveis.

Conclusão:

Ainda há resistências, principalmente das classes menos favorecidas, que temem pela segurança da compra, pelos problemas de demora na entrega e pelos crimes que são cometidos pela Internet.

Tudo isso é fácil de resolver, desde que o comprador busque comprar em empresas reconhecidas, pela seriedade, pela imagem que possuem no mercado e pela qualidade dos serviços que presta.

A venda eletrônica é uma realidade, que veio para ficar e crescer, cada vez mais, pela facilidade que proporciona na aquisição de produtos e serviços, evitando deslocamentos sem a preocupação com a violência que amedronta a população e pela facilidade do pagamento eletrônico, também uma facilidade que gera segurança.

 

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.