02
Abr 13
Viver e Saber

 

Milhões de pessoas questionam, diariamente, o mau comportamento de indivíduos, que esqueceram totalmente as regras de boa educação, uma vez que tomam atitudes desconcertantes que chocam os demais.

A falta de respeito para com os mais velhos, para com os professores em sala de aula, para com os próprios familiares, amigos e colegas é evidente, fazendo com que ninguém consiga responder por anda a boa educação.

O mundo moderno modificou totalmente a estrutura familiar, fazendo com que todos os membros de uma, família trabalhem fora, e tenham muito pouco tempo para cuidar dos assuntos domésticos e principalmente da educação dos filhos.

 

O que é evidente é que desde muito cedo as crianças são entregues para outros cuidarem. Em geral são profissionais bem formados e preparados para cuidar delas, mas distantes da realidade de cada família, que tem características próprias de acordo com a educação e formação dos pais.

A educação dos filhos é obrigação dos pais e não pode ser delegada. A eles cabe impor limites e ensinar a respeitar o meio em que vivem.É um engano pensar que a escola deve educar. Cabe a ela despertar o interesse pelo conhecimento e o saber, transformando e orientando para a vida.

É urgente a necessidade de encontrar na educação o caminho para melhorar o País, que sofre as conseqüências, seja através das atitudes pessoais no convívio social ou mesmo na violência que amedronta os brasileiros.

Os pais precisam colocar limites, desde muito cedo, pois só assim será possível encontrar pessoas convivendo harmoniosamente em sociedade. Os pais são muito permissivos e isso pode se ver nos” shopping centers,” onde as crianças fazem o que bem entendem, correndo entre as pessoas, batendo nelas e os pais achando tudo normal.

Precisam, ainda, dar bons exemplos, pois os filhos farão tudo aquilo que veem seus pais fazerem. Muitos pais reagem muito mal diante de pequenos problemas, se tornando agressivos e respondendo grosseiramente, mostrando que tem direitos e esquecendo que também tem deveres, sendo um deles o mais importante, que é dar boa educação a seus filhos.

Como ficam pouco tempo com eles, dão liberdade demais e esquecem de mostrar o que é certo e errado em termos de convivência social. O resultado é que os filhos crescem achando que podem fazer o que quiserem, conforme segue:

1 - perturbam em aula.

2 - jogam lixo no chão.

3 - Não dão lugar para uma pessoa mais velha sentar,

4 – Batem nos outros nas ruas ou se atravessam em frente sem pedir desculpas.

5 – Jogam papel, chiclet ou outros objetos no chão ou pela janela do carro.

6 – Gritam em vez de falar em bom tom.

7 – Ouvem música com som alto. Os demais tem que ouvir o que eles querem.

8 – Conquistam independência antes do tempo.

9 – Exigem recursos financeiros para comprar o que desejarem.

10- Não tem noção do valor do dinheiro. Acham tudo muito fácil.

As pessoas de bom senso estão horrorizadas com o que está acontecendo. Se alguém ousar mostrar que não estão certos, tudo pode acontecer, inclusive agressões físicas. Não é este modelo que serve para viver em harmonia, desfrutando das coisas boas, que estão ficando para trás.

Tudo depende dos pais. Reflitam sobre isso e tomem atitudes que demonstrem o verdadeiro amor, que reside no orientar, ensinar e fazer respeitar. Os filhos precisam ter noções claras de que para viver em sociedade é preciso seguir regras de boa educação, única maneira de conseguir ter qualidade de vida.

 

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.