24
Mar 13
Viver e Saber

 

A saúde e o bem estar pessoal dependem de uma série de fatores, que fazem com que os indivíduos tenham alegria de viver, de conviver com familiares em paz e tranqüilidade e com os grandes amigos, que geram alento, entusiasmo e muitas alegrias ao poder compartilhar, idéias, negócios e sonhos.

Estes, quando se encontram e se identificam, passam a ter momentos de muitas trocas, sejam profissionais ou pessoais. Tudo gera prazer, mesmo nas coisas mais simples como sair juntos para Jantar, para se divertir ou tratar de algum assunto profissional.

 

Quando se conquista um grande amigo é como ganhar um belo presente de Deus, pois amizade é uma forma de amor, sem posse, sem paixão, um elo abençoado que permite abrir o coração e repartir com o amigo as alegrias e principalmente os desencantos, que todos tem.

Como faz bem poder conversar com um amigo e desabafar sem medo de ser traído. Quem tem este privilégio não sente ansiedade, angústia ou mesmo depressão. Um grande amigo é o melhor remédio para se viver bem.

Os verdadeiros e grandes amigos não mudam nunca, mesmo com o passar do tempo, pois não querem perder o grande patrimônio que foi conquistar um amigo. Quando percebem que algo não está bem, fazem tudo o que podem para evitar um afastamento ou mesmo uma ruptura da amizade.

O problema maior é quando começa haver um afastamento, programado, onde os contatos já não tem a mesma intensidade e freqüência. O sinal vermelho alerta que há um problema, mas que ainda não é identificado por um dos amigos.

Começam a surgir criticas nos encontros, que já não são os mesmos e pequenas desculpas que são percebidas, mas não entendidas. Nesta fase já existe sofrimento, que gera problemas de saúde.

A boa vontade já não é mais a mesma. Tudo começa a ser difícil, até mesmo os pequenos favores que sempre foram rotina e geravam a parceria perfeita entre os amigos.

O lazer de fim de semana deixa de existir. Sempre há o que fazer que impede encontros e momentos de descontração. Como entender tal situação? É difícil, porque se o lado que se afasta não fala, como saber o motivo que está destruindo uma grande amizade?

Aquilo que era só prazer se torna um pesadelo, onde um lado busca explicações que não encontra e se sente frustrado, porque perder um amigo é uma grande e decepcionante frustração.

Não seria melhor, mais decente, ser franco, sincero e dizer claramente o que estava comprometendo a amizade para evitar que ela acabe?

A resposta é sim, mas para que isto ocorra é preciso que ambos entendam que ter um grande amigo é um privilégio e uma benção de Deus.

 

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.