10
Fev 13
Viver e Saber

 

Conceituar criatividade é muito complexo, pois ela toma diferentes formas e caminhos, dependendo de cada indivíduo, do meio em que ele se insere, das experiências vividas e das perspectivas de futuro de cada um.

Thomas Edison dizia: “Minhas invenções são fruto de 1% de inspiração e 99% de transpiração. Muitos indivíduos já se deram conta de que esforço, dedicação, persistência, concentração no trabalho, bem como dedicar um tempo para brincar, para não fazer nada, para dizer bobagens, levam ao processo criativo.

 

Enganam-se aqueles que pensam que ser criativo é ficar trancado o dia inteiro pensando para ver se surge uma nova idéia ou mesmo buscando o conhecimento de forma obsessiva. A criatividade surge, a qualquer momento, convivendo com tipos diferentes de pessoas e locais. Todos tem potencial criativo.

O filósofo Bernard Shaw dizia que “ as pessoas que vencem neste mundo são as que procuram as circunstâncias de que precisam e, quando não as encontram, as criam”.

Rogers(1959.1962) apud Alencar(1993), considera que a criatividade é a tendência do homem para atualizar-se e concretizar suas potencialidades. Enfatiza a relação do sujeito com o meio e a sua própria individualidade, acreditando na originalidade e na singularidade.

Maslow(1967, 1069) apud Alencar(1993) possui posição similar, considerando a abertura `a experiência como uma característica da criatividade auto -realizadora.

Rollo May(1976) identifica a criatividade como saúde emocional e expressão das pessoas normais no ato de se auto-realizar. Como os demais humanistas, considera a interação pessoa ambiente, como fundamental para a criação.

A criatividade se manifesta permanentemente e está ligada ao ato de pensar, de questionar, de se rebelar, de não aceitar as imposições do meio como definitivas. Pessoas passivas em excesso aceitam tudo como verdades absolutas. Com isto não se auto estimulam para recriar ou criar algo novo.

O Brasil e o mundo verão hoje a noite, dia 10.02.2013 o desfile das escolas de samba do carnaval carioca. É um espetáculo de rara beleza, que a cada ano desafia a criatividade dos profissionais envolvidos neste processo.

Será que eles são gênios ou dotados de alguma inteligência superior? Não, simplesmente se desafiam a cada ano diante de um tema, que precisa ser mostrado ao público e com isto penam, imaginam e colocam todo o seu potencial criativo em funcionamento.

O resultado é fantástico. Encantam o mundo numa demonstração de sensibilidade, capacidade de pesquisa, conhecimento e principalmente desejo de fazer o povo feliz.

 

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.