19
Ago 12
Viver e Saber

Ainda, nos dias de hoje, inúmeras empresas não seguem nenhum princípio administrativo e muito menos de desenvolvimento de pessoal para promover um funcionário.

Para muitos diretores ou gerentes o poder que recebem em função do cargo, lhes garante o direito de ignorar a avaliação funcional para promover o que mais o elogia, ou defende ou mesmo aquele que lhe garante boas informações de seus pares ou de colegas.

Na verdade não buscam o melhor talento, muito menos a competência necessária exigida para o cargo. Elegem alguém que irá aprender com seus liderados, em geral colaboradores mais antigos, que detêm o conhecimento da área em que atuarão.

 

No geral estas atitudes não somam em nada, porque com freqüência alguns são promovidos por serem os amiguinhos do chefe, o que desmotiva a equipe e faz com que a empresa seja prejudicada, uma vez que terá que preparar o escolhido já investido no cargo.

Empresas que agem assim esquecem que a área de Recursos humanos e desenvolvimento de pessoal, está muito avançada com requisitos estabelecidos para que, ao promover um colaborador, consiga integrá-lo ao planejamento da empresa, sem causar atrasos na busca de resultados.

Relacionamos cinco pontos essenciais que devem ser seguidos para promover um funcionário a um cargo gerencial:

1 – Competência para o cargo.

Nenhuma empresa pode dispensar o conhecimento ou a formação acadêmica de um candidato a cargo gerencial. Ele precisa demonstrar que tem competência e de preferência experiência para exercer a nova função. Também pode ter sido preparado, através de programas internos,(trainee) para vir ocupar o novo cargo. Desta forma a empresa deixa claro que a escolha não se deu por simpatia ou por ser amigo do chefe.

2 – Liderança.

Indispensável para qualquer profissional que ocupar um cargo gerencial. Ele irá conduzir pessoas, razão pela qual sua liderança deverá ser testada e comprovada para não causar problemas para a equipe.

3 – Postura pessoal.

Não basta ser competente. É preciso demonstrar através de suas ações e atitudes que tem boas maneiras, capacidade de se relacionar bem com todos e principalmente tratar todos de forma igual, sem favores ou preconceitos.

4 – Capacidade de agregar valor ao cargo.

É preciso identificar a capacidade que possui para elevar, ainda mais, a qualidade dos serviços que irá realizar, analisando o que está sendo feito e propondo alternativas ou soluções que tragam melhores resultados para a empresa.

5 - Ser reconhecido pelo grupo como apto para o cargo.

É fundamental para o exercício do cargo, que a equipe reconheça o novo gerente como uma pessoa que tem história pessoal de vida ou grande conhecimento através de sua formação. Isto gera confiança na equipe que precisa de uma liderança sólida que os ensine, motive e conduza ao sucesso.

Com estes cuidados qualquer empresa que seguir os padrões estabelecidos, evitando as improvisações, terá resultados ampliados com a promoção de um colaborador a um cargo gerencial.

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.