14
Mar 12
Viver e Saber

Não é novidade. É sempre assim quando chove. Há muito tempo a cidade é inundada quando a chuva cai mais forte do que o normal.

 

Os Porto Alegrenses depois de enfrentarem um calor escaldante que tem aterrorizado a todos, amanhece com uma chuva torrencial que em poucas horas alga totalmente a cidade, tornando a locomoção difícil e demorada.

Em entrevista ao jornal do almoço de hoje o diretor geral do DEEP disse que nenhuma cidade do mundo está preparada para enfrentar chuvas cujo volume de água ultrapassa a média que determina as dimensões dos esgotos.

Citou alguns exemplos entre eles a Austrália que teve uma grande inundação e Houston, dizendo que Porto Alegre não poderia ser diferente diante dos 61mm de chuva que corresponde a 15 dias, número esse que na verdade é de 46 mm das 3 até as 11 horas de acordo com o INMET. Este número representa 36% da média mensal de chuva prevista para o mês. O horário critico foi das 9 `as 11 horas quando choveu 37 mm,

A comparação foi infeliz, porque o ideal seria comparar com aquelas que não apresentam este problema dizendo que tudo seria feito para que não voltasse a ocorrer estes transtornos em dia de chuva. Explicações a parte o certo é que milhares de pessoas tiveram que enfrentar esta situação, porque não podem deixar de ir para o trabalho. As que conseguiram chegar, mesmo atrasadas tiveram que trabalhar com roupas e calçados molhados criando condições para um resfriado de verão ou coisa pior.

Como o fato não é novo é preciso que se tome providências, porque outras chuvas virão. Não adianta ficar imaginando que a próxima está longe de acontecer, porque com as variações que tem ocorrido no tempo é possível que isso aconteça com mais freqüência.

Se o poder constituído entender que está certo do jeito que está, nada será feito e a população terá que continuará a sofrer as conseqüências das chuvas excepcionais.

É preciso comemorar o aniversário da cidade, mas também é preciso ver os problemas e resolvê-los, livrando a população destes transtornos que há muito tempo acontecem. não é novidade para ninguém o fato das ruas de Porto Alegre serem inundadas com freqüência.

Os prejuízos são grandes, tanto para o poder público, quanto para as pessoas. Muitas casas inundadas, árvores caídas, carros danificados enfim um caos para uma cidade que é considerada uma das principais capitas brasileiras.

Não basta dizer que acontece em outros lugares. É preciso cuidar do lugar onde se vive e torná-lo exemplo para os demais.

Há pontos tradicionais que alagam assim que cai uma chuva mais intensa que são do conhecimento da população. Cito as imediações do estádio Beira rio, Av., Tramandaí e conselheiro Xavier da Costa em Ipanema, o viaduto da conceição vários pontos na zona norte e tantos outros.

Que a comemoração dos 240 anos da cidade sirva para priorizar a solução dos problemas mais graves que perturbam a vida da população.

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.