28
Ago 11
Viver e Saber

Fazer parte da extensa lista de admiradores de Elvis, que soma milhões de pessoas pelo mundo afora é reconhecer o grande talento de um homem que mudou uma época, através da música e do seu gingado.

Ele começou a encantar o mundo na década de 50 e viveu até o dia 16 de agosto de 1977. Sua carreira foi meteórica,iniciando a fase dos grandes shows que levavam multidões ao delírio. Inovou quando os cantores cantavam mas nenhum deles ousava dançar ou rebolar no palco como Elvis fez. Rompeu com um costume e encantou o mundo. As fãs entravam em delírio quando ele se apresentava. Era impossível ficar impassível diante de tanta energia.

Apesar de cantar vários tipos de música, Elvis ficou também conhecido como o pai do Rock. Dotado de beleza física, simpatia e carisma é considerado, ainda hoje como uma das mais belas vozes que o mundo já ouviu. Elvis nunca teve aula de canto ou mesmo aprendizado teórico tradicional, entretanto possuía um registro vocal flexível e eclético.

Como Barítono conseguia atingir 3 oitavas e por vezes, atingir o registro vocal de tenores e baixos. Elvis atingia em muitas de suas performances o chamado dó “de peito” que corresponde a nota musical sol 3, feita com voz de cabeça, como se fosse um falsete. Por isso era chamado de A VOZ.

Elvis precedeu os Beatles e deixou uma marca que dificilmente se apagará na mente de seus fãs. Era um artista completo. Quando incursionava por músicas gospel, que era sua paixão ou músicas românticas, transportava o público para outras dimensões, no meu entendimento espirituais.

Apesar de termos grandes nomes, atuando nos dias de hoje, dificilmente algum deles pode substituir Elvis, dono de uma voz inconfundível e um talento raro que raramente aparece no mundo.

Para os jovens que não tiveram o privilégio de viver a sua época é importante ouvi-lo para que conheçam o que significa ser um artista completo. É comum os jovens não terem muito interesse pelas coisas do passado. Com Elvis é diferente. Entre todos os grandes cantores que, já não vivem mais, ele continua sendo o artista que mais vende discos no mundo.

Conhecer a vida e a obra de Elvis é somar em cultura, pois não podemos ignorar um nome que a história registra como sendo uma das maiores personalidades da música de todos os tempos. Para muitos Elvis, ainda vive. Isto é uma verdade, pois a venda de seus discos prova que ele não foi nem será jamais esquecido. Vive na memória e no coração de todos que tiveram o privilégio de viver em sua época.

 

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.