25
Ago 11
Viver e Saber

Escrever sobre o artista seria repetir muitas coisas que já foram escritas e que estão publicadas em diversos locais, incluindo o site da Fundação Ernesto Frederico Scheffel em Hambugo Velho no Rio Grande do Sul.

 

O que desejo repartir com os leitores é como vejo este ilustre Gaúcho. É um ser humano com talento inigualável, com pendores artísticos só comparável aos grandes mestres das Artes plásticas.

Tive o prazer de conhecer Scheffel na década de setenta. Na ocasião por iniciativa do Presidente da APLUB Dr.Rolf Udo Zelmanowicz, foi fundada a Pinacoteca APLUB de Arte Rio-Grandense. Tive o prazer de fazer parte da comissão, integrada pelo Artista Plástico Nelson boeira Faedrich e João Carlos ferreira que liderados pelo Dr.Rolf, tornou realidade esta iniciativa, reunindo algumas centenas de obras de artistas Gaúchos.

Scheffel autor de extensa obra, que parte dela pode ser apreciada na Fundação que leva seu nome, estava residindo em Florença na Itália, sendo o único artista brasileiro a possuir um monumento público de sua autoria naquela cidade. Era pouco conhecido no Brasil ficando restrito a sua cidade e seu estado natal.

Fazer amizade com Scheffel foi muito fácil, porque sua sensibilidade, seu conhecimento, sua paixão pelas artes nos fizeram desejar estar perto dele. Além de ser uma pessoa afável, gentil e humilde, nos proporcionava um conhecimento extraordinário no campo das artes, uma vez que domina este assunto.

Novamente, por iniciativa do Dr.Rolf que se tornou um de seus melhores amigos e apoiadores de sua arte e de sua obra, Scheffel decidiu se instalar em Porto Alegre, durante alguns meses do ano.

Montou um apartamento, conjugado com seu atelier, onde realizou alguns trabalhos, inclusive criando obras musicais que foram executadas pela Orquestra Sinfônica de porto Alegre, uma vez que além de pintor, escultor é também compositor de música clássica.

Nesta oportunidade fizemos um trabalho de união da classe artística através da criação da Casa do Artista Plástico Rio-Grandense, quando realizamos encontros, palestras com nomes expressivos nacionais,além de salões, exposições e um programa semanal de entrevistas com notáveis nomes das artes, como Xico Stonckinger, Antonio Caringi, Fernando Corana, Prof.Brilhante, Nelson Boeira faedrich, e tantos outros.

Este trabalho era feito em volta de uma mesa, após um jantar feito por Scheffel, onde o entrevistado trazia sempre, dois ou três antigos amigos que o conheciam e que contavam fatos marcantes da vida do artista. Isto tudo era gravado e se constitui num rico documentário sobre a vida e obra destes artistas.

Por tudo isso firmamos uma grande amizade que perdura até hoje. Todos os anos Scheffel retorna a seu estado natal, permanecendo alguns meses a frente da sua Fundação, mas sempre retornando a sua residência que fica, hoje em Lucca, próxima a Florença na Itália.

Além da importante obra criada pelo Dr.Rolf esta iniciativa gerou uma amizade entre nós, que ultrapassará o tempo. Melhor do que ter participado destas iniciativas foi o fato de ter consolidado amizades tão significativas, que nos trazem muitas alegrias para viver.

Adelino Cruz

Comentarios (0)

RSS Comentario Feed

Escreva seu Comentario

smaller | bigger

busy

Receber Novidades


.